Escon/TCE encerra segundo módulo de curso sobre controle interno e gestão de riscos

16 de fevereiro de 2017 | 14:00

Encerrou-se nessa quarta-feira (15) o curso Controles Internos, Riscos e Governança no Setor Público, que abriu oficialmente a programação de 2017 de cursos ao público externo da Escola Superior de Contas (Escon), unidade de educação corporativa do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO).

A capacitação foi dividida em dois módulos, sendo que essa segunda etapa foi ministrada pelo professor Edison Franklin Almeida, auditor de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU), complementando, assim, as 40 horas de carga horária do curso, cujas primeiras 20 horas-aula foram ministradas na semana passada pelo também auditor do TCU, Ismar Barbosa Cruz.

Com 23 anos de experiência em auditoria e gestão no setor público federal, sendo 21 deles no TCU, Edison Almeida expôs conceitos e esclareceu tópicos sobre a temática, ressaltando que a implantação de processos relativos à gestão de riscos também no setor público passou a ser uma tendência.

CONCEITOS

O curso buscou transmitir conceitos técnico-administrativos sobre controles internos, riscos e governança no setor público, apresentando particularidades dos órgãos de auditoria, em especial no que se refere ao apoio ao controle externo.

Outro objetivo do curso é o processo de gestão de riscos proposto na ISO 31000, despertando uma reflexão sobre caminhos alternativos para implantação de gestão de riscos no órgão, conhecendo e identificando situações de possível utilização de diversos formatos de ações de controle baseados em risco.


Mais notícias